03/02/2017 às 17h36min - Atualizada em 03/02/2017 às 17h36min

A IMPORTÂNCIA DAS HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS NAS ESCOLAS

- Direto da Redação

Divulgação

Olá leitores,

                O ano letivo de 2017 começou no início de fevereiro e os estudantes do país inteiro retornaram para as salas de aulas. Com o retorno às aulas os conteúdos de História, Química, Física, Literatura, Português, Arte, Educação Física, Matemática, Geografia, Ciências, Inglês e muitas outras disciplinas estarão no dia a dia de cada aluno.

                 Sem dúvida nenhuma sabemos da importância de cada disciplina das áreas de conhecimento acima, mas existem ainda algumas competências não cognitivas que ganharam força nos últimos anos e podem impactar de forma positiva no aprendizado e que ainda assim não são privilegiados pelas escolas.

                  Poucas escolas no país se preocupam em oferecer às crianças e jovens uma educação que os levem a desenvolver competências necessárias para aprender a conviver e trabalhar em um mundo cada vez mais complexo. Sendo assim, faz-se necessário o estímulo de competências pessoais e sociais (socioemocionais) e comunicacionais. Podemos citar algumas delas: a solidariedade, a disciplina, a participação, o trabalho em equipe, a liderança, a autoestima, o pensamento crítico, responsabilidade, a motivação, o respeito, a superação, cooperação e várias outras.

                 Mas agora o (MEC) irá nos apontar uma luz no fim do túnel. Segundo a matéria publicada pela Folha de São Paulo, com data de 25 de dezembro de 2016 (http://m.folha.uol.com.br/educacao/2016/12/1844340-base-nacional-comum-curricular-vai-incluir-habilidades-emocionais.shtml), as habilidades socioemocionais  serão incluídas no documento oficial do governo federal chamado de Base Nacional Comum Curricular que será utilizado da Creche ao Ensino Médio.

                 Segundo o Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, a base nacional comum é pré-requisito para discutir a melhor formação de professores (http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/36381).

           Com essas habilidades trabalhadas nas escolas a partir da aprovação deste documento oficial, formaremos o cidadão como um todo, para que lá na frente possamos ter pessoas que saibam trabalhar em equipe, que sempre estejam motivadas para ajudar ao próximo e até mesmo mudar a comunidade em que moram. E o detalhe é que crianças da creche e da educação infantil também estão incluídas, serão despertadas para as habilidades socioemocionais como a motivação, por exemplo, que pode e deve ser estimulada em qualquer idade.

                 Em breve caberá as escolas planejar a melhor forma de trabalhar atividades que irão valorizar tais habilidades. Como o documento ainda não terminou de ser discutido seria interessante que as escolas já começassem a pensar em aulas, atividades e/ou projetos para irem trabalhando. Não haverá dúvidas que estas habilidades serão de suma importância para a vida dos estudantes de nosso país.

E quais serão as vantagens de se trabalhar as habilidades socioemocionais? Serão inúmeras. Esse é o grande desafio da atualidade, preparar os jovens para serem também pessoas colaborativas, com pensamento critico, autônomas,  responsáveis, pessoas mais felizes, equilibradas, solidárias e bem sucedidas. Mas digo que deverá ser um trabalho em equipe realizado por toda a escola, alcançando assim, a tão falada interdisciplinaridade no qual é estimulada pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB) que é um documento do Ministério da Educação. E que as escolas que já realizam os ensinamentos destes temas continuem fazendo.  Agora como lei. E quem ainda não fez que comece a se planejar para incrementar as atividades escolares. E quem ganhará com essas ações certamente será o cidadão brasileiro, que no futuro poderá ter um ganho social e educativo.

 

Até a próxima.

 

Prof. Fernando Marlos

 

- Graduado em Educação Física – UniFOA

- Pós-Graduado em Ciências do Treinamento Desportivo de Alto Nível – UFRRJ

- Pós-Graduado em PIGEAD (Planejamento, Implementação e Gestão de Educação à Distância) – UFF

- Pós Graduado em Ensino de Ciências e Matemática – IFRJ (Projetos na Área de Educação Ambiental)

       

Destaque do mês

  • Para as Secretarias de Governo e de Cultura de Piraí que renovaram a parceria com o Instituto Dagaz para a realização de atividades de orientação de filmes e palestras para as escolas. Isso também é inclusão social.
  • Para a AMAVAR (Associação de Moradores e Amigos do Varjão) e diretoria que realizam um brilhante trabalho em conjunto com a direção da E. M. Rosa Carelli da Costa sempre se preocupando com os jovens. Parabéns ao Prof. Cristiano Silva e para a Profª. Vivian Feliciano.
  • Para a linda história do Sr. José Cipriano (Sr. Zé) da Cacaria, que reencontrou a sua família depois de 28 anos. Parabéns para Indinil Moreno de Barros, Adriana Zanelato Barros e a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social pelo acolhimento, esforço e trabalho integrado.
  • Para a E. M. Dr. Luiz da Silveira, localizada na Mata do Amador, pelo novo e moderno visual. A escola foi reformada e está com uma aparência bem melhor.
  • Para as Orientadoras Pedagógicas da Cida Neves e Cláudia Maria pela nova função na Secretaria Municipal de Educação.

 

Link
Tags »
Piraí Educação Região Fernando Marlos
Relacionadas »
Comentários »
Disqus exige que voce se registre seu site. Voce pode fazer isso a partir de Registre-se